Lesões Pré-Cancerosas e Pré-Invasivas da Pele

As lesões pré-cancerosas podem evoluir para câncer de pele ou podem já ser um câncer de pele em estágio inicial.

Queratoses Actínica

A queratose actínica, também conhecida como queratose solar, é uma condição pré-cancerosa causada pela exposição excessiva ao sol. De forma geral se apresenta como pequenos pontos irregulares, nas cores rosa, vermelho ou bege, na face, orelhas, dorso das mãos e braços das pessoas com pele clara, embora possa surgir em outras áreas expostas ao sol.

A queratose actínica é de crescimento lento, e não apresenta sintomas. Às vezes, desaparecem por si só, mas pode recidivar.

Em alguns casos, pode se transformar em câncer de células escamosas. A maioria das queratoses actínicas não se torna câncer, mas às vezes pode ser difícil distingui-las de um câncer de pele propriamente dito, por isso, se recomenda sempre tratá-las. Se não forem tratadas, o paciente deve fazer acompanhamento clínico para observar qualquer alteração que possa ser um sinal de câncer de pele.

Carcinoma Espinocelular In Situ

O carcinoma de células escamosas in situ ou doença de Bowen, é precursor do câncer de células escamosas da pele. In situ significa que o câncer ainda está restrito ao local onde se originou e se caracteriza pelo aparecimento de manchas rosadas na pele, também provocadas pela exposição ao sol.

Clinicamente, caracteriza-se por uma área eritematosa coberta por crostas, com lesões bem definidas com bordas irregulares. A maioria dos pacientes é idosa e, em um terço deles as lesões são múltiplas.

A doença de Bowen também pode ocorrer na pele das áreas anal e genital, muitas vezes relacionada a infecções sexualmente transmissíveis pelo vírus do papiloma humano (HPV).

A doença de Bowen pode evoluir para um câncer de pele de células escamosas invasivo, por isso recomenda-se que se faça tratamento. Os pacientes com doença de Bowen têm um risco aumentado para outros tipos de câncer de pele, por isso devem realizar acompanhamento clínico.