Câncer de Pele de Células de Merkel

O carcinoma de células de Merkel é um tipo raro de câncer de pele que começa quando as células de Merkel crescem fora de controle. Como as células são um tipo de células neuroendócrinas, às vezes é denominado carcinoma neuroendócrino da pele. Outro nome para o carcinoma de células de Merkel é carcinoma trabecular.

Diagnóstico do Câncer de Pele de Células de Merkel

A maioria dos cânceres de pele, incluindo o câncer de pele de células de Merkel é diagnosticado quando uma pessoa vai ao médico devido as sinais e sintomas que está apresentando.

Se você tem uma área irregular na pele que possa ser câncer de pele, seu médico fará exames e testes para verificar se é câncer ou alguma outra doença da pele. Se existe uma chance do câncer de pele ter se disseminado para outras áreas do corpo serão solicitados, também, exames de imagem.

Histórico Clínico e Exame Físico

Se uma pessoa apresenta sinais de câncer de pele de células de Merkel, o médico analisará o histórico clínico completo do paciente, observando os sintomas e fatores de risco. Para diagnosticar o câncer de pele de células de Merkel e determinar o grau de comprometimento da doença poderá ser solicitada a realização de alguns exames.

Durante o exame físico, o médico observará o tamanho, forma, cor e textura das lesões em questão, e se há sangramento ou descamação.

O médico também apalpará os gânglios linfáticos próximos da área com a lesão. O câncer de pele de células de Merkel  pode se disseminar para os gânglios linfáticos.

Junto com o exame físico, alguns dermatologistas usam uma técnica chamada dermatoscopia para avaliar manchas em pele mais claras. O médico utiliza um dermatoscópio, uma lente de aumento especial com fonte de luz própria para observar a pele. Às vezes uma fina camada de óleo é usada com este instrumento. Uma imagem digital ou fotográfica do local pode ser tomada.